O guarda-chuva azul.
Por Unknown, quinta-feira, 11 de julho de 2013 às 18:58, com 3 comentário/s {+}
The Blue Umbrella

Ontem eu fui ao cinema com os meus amigos assistir ao filme Universidade Monstros, filme o qual eu estava literalmente morrendo para assistir, já que se trata de um prólogo do filme Monstros S.A da Disney Pixar. Antes do filme começar, teve um curta, comum nos filmes da Pixar, chamado O guarda-chuva azul (The Blue Umbrella): o curta mais fofo de todos os tempos!


Treaser, "Trailler"

CUIDADO, PODE CONTER SPOILERS!
O curta conta a história de um guarda-chuva azul que se apaixona por um guarda-chuva vermelho em um dia de chuva. Seus donos não se conheciam e estavam lado a lado apenas esperando o sinal para pedestres abrir. Enquanto isso, os dois guarda-chuvas começam a trocar olhares e se apaixonam. Quando o sinal abre, os dois guarda-chuvas são separados pelo destino. O dono do guarda-chuva azul vai para o metrô e o guarda-chuva azul luta contra o seu dono e foge à procura do seu amado guarda-chuva vermelho. Quando o guarda-chuva azul finalmente avista o guarda-chuva vermelho, uma serie de fenômenos naturais (?) da cidade começam a atacá-lo (?) atrapalhando o seu percurso até a sua amada. Porém, ao mesmo tempo os objetos da cidade começam a ajudá-lo a superar os obstáculos. Quando o guarda-chuva azul chega bem perto do guarda-chuva vermelho, ele tem um trágico fim: é atropelado e destruído. Quando acorda, está sendo segurado pelo seu dono, caído no chão junto a ele, e sua amada o protegendo da chuva, acompanhada de sua dona. No fim, os donos dos guarda-chuvas saem para jantar e os dois pombinhos da chuva podem ter o seu tão esperado encontro romântico.

INTERPRETAÇÃO:
No momento em que o guarda-chuva azul foi atropelado e fechou os seus olhos eu imaginei várias coisas que estivessem acontecendo no momento:
O dono do guarda-chuva azul foi à sua procura na mesma hora que o guarda-chuva fugiu e quando o encontrou já era tarde demais estava destruído no chão. Coincidentemente, no momento em que o dono encontra o guarda-chuva, por estar desprotegido contra a chuva, tropeça no asfalto molhado e cai ao lado do seu guarda-chuva. Machucado, fecha os olhos também. Quando ambos acordam, estão sendo socorridos pela dona do guarda-chuva vermelho. Assim, para recompensar a ajuda, o dono do guarda-chuva azul resolve pagar um jantar para a dona do guarda-chuva vermelho. E assim, não só os guarda-chuvas se apaixonam, como os seus respectivos donos também.

BLÁ, BLÁ, BLÁ...
Além de ser um curta mega fofo, a soundtrack é ótima e o design do cenário e dos personagens é maravilhoso! Tudo na cidade é cinza/triste, e apenas os guarda-chuvas e as botas de seus donos possuem cor, destacando os verdadeiros protagonistas do enredo. Eu me emocionei bastante com o curta, mesmo sendo bem pequenininho. A Pixar realmente se superou e provou mais uma vez que não é necessário ter uma longa história bem elaborada para tocar o coração das pessoas! Enfim, se você ainda não assistiu Universidade Monstros, assista logo, não só pelo curta, mas também pelo filme que é maravilhoso apesar de eu ainda preferir o Monstros S.A!


Marcadores:

Blogger IIAmaya e AlexII disse...
Nossa vimos essa animação quando fomos assistir, é mto fofa *-* *-*
Já colocamos vc nos afiliados :D :D

-PromSpace
14 de julho de 2013 08:59 


Blogger Iza うさぎ~ disse...
Nya~ já ouvi falar MUITO de Universidade Monstros, eu já estava curiosa pra ver antes e fiquei mais ainda agora *-*
O curta realmente parece muito fofo, eu já gosto bastante de filmes da Disney, quando ela se junta com a Pixar então *-*
14 de julho de 2013 13:50 


Blogger Snow disse...
Eu ainda quero ver Universidade Monstros! Sou uma lerdeza só para conseguir ver filmes, por mais que sejam apenas animação, mas espero conseguir assisti-lo! HUE~ u-u)'
Nhaaaa~ The Blue Umbrella é tããããão cuuuuteee! x'3 Admito que com uma história tão foufa dessas eu também fecharia os olhos e imaginaria várias coisas quando visse um dos personagens (?) ser atropelado! Ihihihi' xDD

Kissu~
29 de julho de 2013 17:10 


Postar um comentário